Contos de Natal – Jéssica

qLaG1JIjJi

Jéssica estava ficando nervosa, quase na hora do jantar e nada de sua irmã chegar. Amélie era tão egoísta e não se importava com nada nem ninguém, ela odiava o natal e com certeza esse ano não seria diferente. Todo mundo sabia como Jéssica adorava o natal, mas ninguém se importava, ninguém aparecia, e quando Amélie aparecia fazia de tudo para que fosse uma péssima noite.

vMfSOtSuZN
Mas Jéssica estava decidida a lutar por sua família, ela esperava por um natal com todos reunidos a mesa há muitos anos. Tinha fé que um dia ia conseguir ver seus irmãos e orava todos os dias por eles.
Desde que sua mãe faleceu, Jéssica preparava a ceia de natal e se sentava a mesa com seus filhos e esperava por seus irmão, mas eles nunca apareciam. E ela já estava se preparando para mais um ano sem eles e quando estava colocando os pratos, Amélie abre a porta.
– Está um frio lascado lá fora, acho que vem uma tempestade de neve aí. – Disse ela sorrindo.
Jéssica se surpreendeu, não sabia o que dizer, então Amélie quebra o silencio.
– Vai ficar parada aí com os pratos nas mãos ou vamos montar a mesa?

6BTVz0udrg

Amélie estava diferente, havia um certo entusiasmo na voz e ela estava sorrindo e parecia que não iria fazer algum comentário desnecessário a respeito de John seu marido ou sobre Nick e Jenny, seus filhos.
Jéssica então p
ôde respirar mais tranquila.

Já estavam prestes a cear quando a campainha começou a tocar.
– Deixa que eu atendo. – Disse John.
-Estamos esperando mais alguém ? – perguntou Amélie.
– Todos os anos eu espero por vocês então…
– Impossível
! Chandeller e o Joe não vão aparecer.
– Como assim eu não vou aparecer? – Disse Joe ao entrar na sala.

cnSaXgfDpP

Jéssica não poderia estar mais feliz, tantos anos se passaram e Joe estava cada vez mais bonito e mais parecido com o pai. Amélie correu para abraça-lo e entendeu que amava sua família e por mais que amasse seu trabalho, nada se comparava com o que estava sentindo naquele momento.

– Bom, vamos nos sentar então, e finalmente cear juntos, depois de tantos anos. – Convidou Jessica.
– E que tal Joe começar a agradecer então? – Sugeriu John.
– Eu só gostaria que Chandeller também estivesse aqui, mas nunca mais tive noticias dele. 
– Na verdade nenhuma de nós. – Completou Jéssica com muita tristeza.
– Bom, então vamos orar para que Deus  
guarde-o aonde quer que ele esteja.

E novamente eles foram interrompidos pela campanhia.
– Ah Meu Deus, não pode ser o Chandeller!
– Dessa vez eu atendo
! – Jéssica correu para porta e quando abriu-a, só conseguiu suspirar um nome. – Chandeller !
– Há quanto tempo que não escuto esse nome?! – Disse Chede ao entrar.

Tantos anos se passaram e finalmente a família estava reunida, e não havia presente ou dinheiro que pagasse aquele momento, e aquele foi o melhor natal de todos os últimos tempos.

6NA794sDWQ

Leia o primeiro episódio aqui ❤
Leia o segundo episódio aqui
Leia o terceiro episódio aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s